Presidência da CLDF recebe o Sindical e ouve reivindicações

A diretoria do Sindicato dos Servidores do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas do DF (TCDF) – o Sindical -, foi recebida, na quinta-feira (10), pela Presidente da CLDF, deputada Celina Leão, para apresentar as reivindicações da categoria, o que acontece regularmente no começo de cada ano.

Os dirigentes levantaram questões sobre vários temas. Mas a primeira delas foi relacionada aos superendividados do Banco de Brasília (BRB). “Estamos procurando, juntos, saídas legais para resolver esta questão. Tem servidor que não recebe o pagamento integral há mais de um ano”, comentou a deputada, posicionando-se favorável que o Sindical se informasse sobre quem está superendividado. E completou: “Sou favorável que haja, aqui, na CLDF, um mutirão só para servidores, para conhecermos o grau de endividamento, para que eles entrem em um programa de refinanciamento pelo banco, com taxas mais acessíveis”.

A grade de reivindicações do sindical é ampla. O grupo destacou a perda salarial, tendo sido informado que poderá haver reposição da perda decorrente da inflação, desde que fique dentro do limite prudencial da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). O restante seria incluído em janeiro de 2017, desde que obedeça ao mesmo limite da LRF.

Quanto ao Fascal, o Fundo de Assistência dos Servidores da CLDF, ficou definido que será constituído um grupo de trabalho para fazer um estudo sobre a situação financeira do Fundo. Já em relação ao auxílio-creche, foi colocado que o benefício está sendo pago sem a incidência no Imposto de Renda. “O que está sendo cobrado é o que foi descontado indevidamente nos anos anteriores”, explicou o 2º Vice-Presidente do Sindical, Átila Vinícius de Carvalho.

Outro ponto abordado foi sobre a não realização do concurso público. “Ele não pode acontecer sem antes ser aprovado o Plano de Carreira”, defendeu o diretor de Finanças, José Benício Medeiros de Souza.

Em relação ao Plano de Carreira, a Mesa Diretora se comprometeu a encaminhar o processo ao Sindical para que pudesse ser feita a ’contradita’.

Ao final, Átila de Carvalho destacou a importância da reunião para os servidores da CLDF. “Ficamos satisfeito com os encaminhamentos que a Presidente da Casa, deputada Celina Leão deu às questões, junto ao secretário-geral da Casa, Valério Neves”.

Também participaram da reunião a diretora de Administração do sindicato, Maria do Amparo Pereira de Araújo, e o diretor de Assuntos Jurídicos, Luiz Alberto Alves Ferreira.

ASCOM da Deputada Celina Leão

© 2019 - 2020 Celina Leão - Deputada Federal. 

  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook Clean