top of page

População da Estrutural recebe campo de grama sintética renovado

Governo investiu mais de R$ 1,2 milhão na troca do gramado, traves e redes, além de iluminação modernizada


Mais uma opção de lazer foi entregue à comunidade pelo Governo do Distrito Federal (GDF) nesta quinta-feira (20). Com investimentos de mais de R$ 1,2 milhão, a governadora em exercício Celina Leão reinaugurou o campo sintético da Estrutural completamente reformado, com nova grama, iluminação, traves e redes.


A governadora em exercício Celina Leão foi à Estrutural para a reinauguração do campo sintético da localidade, que recebeu insvestimentos de R$ 1,2 milhão para a instalação de nova grama, iluminação, traves e redes | Foto: Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília


Construído em 2014, o campo de 6.112 m² é um dos espaços mais utilizados pelas escolinhas de futebol e projetos sociais da região administrativa. Com as estruturas já deterioradas, ele precisou de intervenção do GDF para voltar a ser uma opção de lazer com segurança para a comunidade.


“O esporte é uma ferramenta poderosa para tirar as crianças e jovens das ruas e do mundo das drogas. Temos equipes da cidade que receberam material esportivo e isso mostra nosso compromisso com o esporte”, apontou a governadora em exercício Celina Leão.


O GDF já reformou ou construiu 22 campos sintéticos em 2023, e mais quatro campos serão construídos ainda este ano, no Taquari, no Paranoá, em São Sebastião e na Feira do Produtor, em Ceilândia. Somando todas as estruturas, a Secretaria de Esporte e Lazer espera chegar até o fim do ano com 50 campos renovados ou construídos.


Para que as estruturas se tornem perenes e a vida útil seja prolongada, o secretário de Esporte e Lazer, Renato Junqueira, ressaltou a importância do envolvimento da comunidade com o bem público: “Pedimos que as ligas e escolinhas cuidem com carinho desse campo, ele foi reformado para vocês.”


Comunidade agradece


Quem mora na Estrutural reconhece o trabalho do governo e comemora a devolução do campo. De acordo com a aposentada Almira Oliveira Santos, 74 anos, o espaço tem um papel importante na formação dos jovens da comunidade. “Esse campo vai ser muito bom até para tirar os jovens das coisas ruins. Vai ser uma alegria para eles”, afirmou a moradora da cidade.


Para o autônomo Jefferson Rodrigo de Oliveira, 32 anos, o campo é um presente para a população da região administrativa. “Esse campo é um patrimônio nosso. É um espaço que vai ser bom para todo mundo. Agora é cuidar e conservar para durar muito tempo”, revelou.

Deivid Souza de Jesus, autônomo de 34 anos, tem sete filhos e revelou que está ansioso para que a opção de lazer seja inaugurada. “Eles já utilizavam e vão continuar usando mais ainda. Espero que cuidem do campo porque a comunidade toda aguarda por essa reforma”, pontuou.

0 comentário
bottom of page