GDF orienta sobre uso de máscaras no Parque da Cidade



Se puder, fique em casa. Se precisar sair, use máscara. A orientação é clara e tem funcionado como um mantra para toda a população durante a pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19). Mas, repeti-la nunca é demais. Neste sábado (22), em ação conjunta das secretarias de Esporte e Lazer, Governo e DF Legal, servidores das três pastas estiveram no Parque da Cidade, no Plano Piloto, e na Ponte JK, no Lago Sul, para orientar e educar frequentadores do local e distribuir seis mil itens de proteção facial.


Além de reforçar a obrigatoriedade do uso de máscara, os servidores também falaram sobre a necessidade de distanciamento, o uso de álcool gel e lavagem correta das mãos e a importância de evitar aglomerações.

No Parque da Cidade, a ação se concentrou próximo ao Quiosque do Atleta, espaço onde há um número maior de frequentadores que pausam as atividades para hidratação.  “Com a movimentação nos fins de semanas no Parque da Cidade, a Secretaria de Esporte percebeu a necessidade de prestar esse apoio. Queremos manter o parque funcionando com saúde”, afirma a secretária da pasta, Celina Leão.

Além da distribuição de máscaras, os frequentadores tiveram acesso ao Túnel de Sanitização instalado ao lado das pistas de caminhada e bicicleta. O equipamento foi montado para promover a limpeza com produtos não tóxicos.

Ao entrar no túnel a pessoa recebe uma mistura de água e ozônio não tóxica que inibe em 99,99% a contaminação, sendo eficaz para a destruição de partículas virais tanto do coronavírus como do vírus da Influenza/H1N1.

“Acho super importante fazer atividade física porque o índice de ansiedade aumentou muito na pandemia. Então, acho importante essa iniciativa de distribuir as máscaras”, avalia a ex-atleta profissional de vôlei Maria Isabel Tavares.

Opinião semelhante tem a funcionária pública Maria Andrea Silveira. “Essa questão das máscaras é importante porque ainda vejo muitas pessoas sem a real noção da importância do uso. Não estamos na normalidade e temos visto pessoas agindo como se nada tivesse acontecido. Logo, é importante orientar as pessoas e reforçar a necessidade do uso”, aponta.

Para o administrador do Parque da Cidade, Silvestre Rodrigues, distribuir máscaras ajuda a fixar ainda mais na cabeça das pessoas a importância de usar o item de proteção facial.

As equipes também atuaram na Ponte JK, onde orientaram os frequentadores para o uso do item de proteção facial.

Neste fim de semana, de acordo com a Secretaria de Governo, a meta é distribuir de 20 a 30 mil máscaras em todo o DF. Além do Parque da Cidade e da Ponte JK, haverá ações no Deck da L4 Sul, em Ceilândia, Eixão do Lazer e W3 Sul, no Plano Piloto, até domingo (23).

A meta do GDF é chegar a três milhões de máscaras distribuídas em todo o DF, quase o equivalente à toda a população da capital, estimada em mais de três milhões de pessoas segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).


Vale lembrar que, de acordo com as organizações de saúde, apenas o uso da máscara não é suficiente para combater a doença, e se você ainda tem dúvidas neste assunto saiba como utilizar a máscara de maneira correta.

Ação contínua

Para evitar que a doença se espalhe rapidamente pelas ruas, o GDF tem adotado ações permanentes e distribuído máscaras de acordo com a evolução dos casos nas regiões administrativas, em locais de grande circulação, entre outros. Esse trabalho é coordenado pela Secretaria de Governo em parceria de diversos órgãos e secretarias.

No DF, a doação do item teve início em abril em locais de grande circulação de pessoas, como terminais rodoviários e no Metrô. Essa escolha levou em conta pontos onde haveria um fluxo maior de trabalhadores que, aos poucos, estavam retomando aos postos de trabalho durante o processo de reabertura gradual das atividades.

Em maio, um grande grupo passou a ser contemplado com as máscaras: Sistema Penitenciário; forças de segurança (Polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil); Rodoviária do Plano Piloto e demais terminais rodoviários; Detran; as 33 regiões administrativas; e as secretarias de Cidades, Governo, Obras, Economia, Educação, Saúde e DF Legal.

No mês seguinte, em junho, a doação ganhou reforço no Brasília Ambiental, Novacap, Secretaria de Esporte e Lazer e de Justiça e Cidadania, e no Serviço de Limpeza Urbana (SLU). Cada órgão e secretaria repassa o item de acordo com a necessidade. E, assim, reforça a segurança e proteção social. Trabalho que continuou se renovando em julho e agora em agosto.

Histórico A oferta gratuita de máscaras está prevista no Decreto nº 40.648, de 23 de abril de 2020, que determina a obrigatoriedade do uso da proteção facial em todos os espaços públicos e vias públicas, equipamentos de transporte público coletivo, estabelecimentos comerciais, industriais e de serviços e nas áreas de uso comum dos condomínios residenciais e comerciais no DF.

A obrigatoriedade do uso do acessório em espaços públicos começou em 30 de abril, mas a aplicação de multas para quem estiver sem a proteção só passou a valer em 18 de maio.

O decreto previu ainda, em seu artigo 2º, que o fornecimento por parte do GDF fosse regulado conforme especificado em portaria da Secretaria de Estado de Governo do DF.

© 2019 - 2020 Celina Leão - Deputada Federal. 

  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook Clean