top of page

Evento leva cidadania a mulheres em situação de vulnerabilidade

A Defensoria Pública do Distrito Federal (DPDF), em parceria com órgãos do Distrito Federal, promove, até as 17h30, a quarta edição do projeto Dia da Mulher, nesta segunda-feira (7), dia em que a Lei Maria da Penha completa 17 anos. O projeto ocorre no maior núcleo da DPDF, localizado no Setor Comercial Norte, Quadra 1, Conjunto G, Edifício Rossi Esplanada Business, próximo ao Hospital Regional da Asa Norte (Hran).


A vice-governadora Celina Leão conferiu de perto o Dia da Mulher: “Responsabilidade de todos nós” | Fotos: George Gianni/ Vice-governadoria

A vice-governadora do Distrito Federal, Celina Leão, esteve presente e reforçou a importância de ações como esta. “Nós temos atendimento não só para as mulheres, mas para a família. A responsabilidade é de todos nós, do Estado, da Defensoria Pública, do judiciário e da sociedade civil”, afirmou Celina. A iniciativa, que ocorre na primeira segunda-feira de cada mês, oferece serviços exclusivos para o público feminino em situação de vulnerabilidade.

Rosiane Gonçalves, moradora da Cidade Ocidental (GO), foi beneficiada com a iniciativa. “ É um projeto muito positivo. Muitas pessoas não têm acesso à justiça. Eu, como estou desempregada, não estou tendo condições de pagar um atendimento odontológico. Aqui consigo resolver as minhas dificuldades. Está sendo muito positivo para mim, pois estou precisando de amparo social”, afirmou.

A secretária da Mulher do DF, Giselle Ferreira, que também esteve presente na ação, lembrou da importância de orientar as nossas mulheres sobre os serviços oferecidos pelo GDF. “Hoje, no dia que a Lei Maria da Penha completa 17 anos, é muito especial a nossa visita nesta ação que a Defensoria Pública realiza para todas as mulheres do Distrito Federal. A Secretaria da Mulher trabalha em parceria com diversos órgãos para sempre levar às mulheres informação, acolhimento e orientação para que ela possa estar segura”, afirma Giselle Ferreira.

O Dia da Mulher tem como parceiros o Serviço Social do Comércio (Sesc), o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), a Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes), a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab), a Secretaria da Mulher do DF, a Secretaria de Justiça e Cidadania do DF (Sejus), o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT), a Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb).

Serviços ofertados no Dia da Mulher:

→ Atendimentos de mediação, orientação jurídica e psicossocial; → Exames de DNA; → Consultas com uma médica da família; → Realização de mamografias e exames citopatológicos; → Inserção de DIU; → Atendimentos odontológicos; → Atendimentos da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam I e II); → Distribuição de materiais informativos.

*Por Paula Faria/ ASCOM VGDG/ Edição: Agência Brasíli

0 comentário
bottom of page