Equipe técnica da Secretaria de Esporte e Lazer alinha futuras ações


Como parte da política interna de interligação de gestão e planejamento, desde o início da atual gestão, os subsecretários da Secretaria de Esporte e Lazer se reúnem semanalmente para tratar de ações e iniciativas desempenhadas por cada área. Sob o comando da secretária, Celina Leão, a pasta também passou por modificações em seu quadro técnico, com o propósito de alcançar melhor desempenho junto à comunidade esportiva do Distrito Federal.

A implantação de um sistema digital, que beneficiaria dependentes de programas da Pasta, assim como alunos dos Centros Olímpicos e Paralímpicos, integra a pauta da reunião.  “A melhoria tecnológica vai desenvolver muito questões relacionadas aos COPs. Também evitará aglomerações para solicitações do Bolsa Atleta e do Compete Brasília e facilitará a conexão de informações entre as áreas”, avalia a secretária de Esporte e Lazer, Celina Leão.


Além do ex-goleiro Paulo Victor, que assumiu a Secretaria Executiva de Futebol, outras modificações importantes aconteceram na Subsecretaria de Esporte, Lazer e Espaços Esportivos, na Subsecretaria de Administração Geral, na Subsecretaria de Convênios e Parcerias, na Subsecretaria de Projetos Incentivados e Eventos e na Subsecretaria dos Centros Olímpicos e Paralímpicos. Conheça mais sobre os atuais gestores:

À frente da Subsecretaria de Projetos Incentivados e Eventos, o brasiliense Sidemeron Campos Silva, atua com a expectativa de manter os programas que se mostraram eficazes e ampliar o diálogo com a comunidade esportiva. “A prioridade agora é trabalhar com novos formatos e com a plataforma virtual, mantendo eventos dentro das perspectivas de distanciamento social e respeitando os protocolos de segurança”, completa.

O contato do subsecretário de Projetos e Eventos com esporte começou cedo. Passou por times de futebol do DF, mas abandonou o campo devido às questões familiares e seguiu atundo em diretorias de clubes da modalidade. E ingressou no serviço público ao assumir cargos nos governos Federal e Local. “Queremos transformar Brasília em um polo de referência na formação de atletas, fazendo da cidade um modelo de captação de recursos e investimento na base e no profissional”.

Já o subsecretário de Esporte, Lazer e Espaços Esportivos, Flamarion Vidal Araújo, se formou em direito com pós-graduações em direito público, gestão de polícia judiciária e gestão de segurança pública com foco em inteligência. Ingressou na Polícia Civil do DF e atuou em vários cargos dentro da instituição. Na Secretaria de Segurança Pública, exerceu os cargos de diretor da Central Integrada de Atendimento e Despacho e diretor do Centro Integrado de Monitoração Eletrônica.

Considera-se um esportista amador, privilegiando agora a prática da corrida de rua (10 km e 21 km) e do tênis. “Meus principais objetivos são maior transparência na prestação de contas referentes aos programas Bolsa Atleta e Compete Brasília, no incentivo ao paradesporto, nos esportes de participação e rendimento, bem como fomentar o uso do Complexo Aquático Claudio Coutinho e do Autódromo Nelson Piquet pela comunidade do Distrito Federal”, ressalta.

Como subsecretário de Convênios e Parcerias, Rafael Rodrigues dos Santos, trabalha no sentido de “levar o acesso público por meio do esporte e da inclusão social”. Ele atuou por 13 anos no Governo Federal, sempre na área de convênios e formalização de instrumentos de repasse. O que vai ajudar bastante também é a sua formação em administração com pós-graduações em planejamento estratégico e gestão pública.

O advogado Clemilton Oliveira Rodrigues Júnior reuniu vasta experiência antes de assumir a Subsecretaria de Administração Geral. Com pós-graduação em direitos penal e processual e concluindo mestrado em administração pública, passou até pela Secretaria de Esporte, entre 2017 e 2019, como chefe da assessoria jurídica. “Estou atuando com eficiência, lealdade, responsabilidade e segurança jurídica”, conclui.

Na Subsecretaria dos Centros Olímpicos e Paralímpicos, o brasiliense Ziel Ferreira dos Santos, formado em administração de empresas e teologia, trilhou sua carreira em empresas locais e no Conselho Tutelar, no qual foi eleito para três mandatos, além de trabalhar em órgãos do GDF. Entre eles, a Secretaria de Ação Social, onde teve seu primeiro contato com o esporte, ao desenvolver projetos sociais na área para crianças e adolescentes do Varjão e da Vila Planalto.

“Recebi a missão de gerir os COPs com muita alegria, uma vez que tive uma participação muito especial na construção do Centro de Planaltina. Desde fiscal da construção a morador participando de reuniões e mobilização para a sua inauguração. Nessa missão estou com muita expectativa de lançar projetos de construção de novos Centros Olímpicos e Paralímpicos no DF, bem como ampliar o número de atendimentos”, destaca.


Texto e foto: Ascom SEL

© 2019 - 2020 Celina Leão - Deputada Federal. 

  • Instagram - White Circle
  • Twitter - Círculo Branco
  • YouTube - Círculo Branco
  • Facebook Clean