top of page

Deputados homenageiam policiais civis do DF que elucidaram chacina

Cerimônia, no Plenário da Câmara Federal, contou com a participação da governadora em exercício Celina Leão


A Câmara dos Deputados homenageou, na manhã desta quinta-feira (16), os policiais civis do DF que atuaram no esclarecimento da chacina que vitimou dez pessoas da mesma família.

Autor do requerimento, o deputado federal Fred Linhares presidiu a sessão. Os discursos do dia destacaram a credibilidade na Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF).


A governadora em exercício falou aos presentes no Plenário da Câmara dos Deputados e destacou a confiança nas forças de segurança do DF | Foto: Vinicius de Melo/Agência Brasília


Em discurso, a governadora em exercício Celina Leão reforçou a confiança na Polícia Civil, na Polícia Militar e no Corpo de Bombeiros Militar do DF. “As instituições sabem do meu respeito e lealdade que tenho por elas. Vivemos momentos difíceis nos últimos dias, mas, com a ajuda da bancada do Distrito Federal do Congresso, dos deputados distritais e, principalmente, das nossas forças de segurança, juntos conseguimos retornar a tranquilidade para a população de Brasília e para os Três Poderes sobre a eficiência da segurança. ”

As dez pessoas da mesma família foram assassinadas e tiveram os corpos deixados em diferentes locais do Distrito Federal. Entre as vítimas, estão três crianças. Em menos de 30 dias, a PCDF concluiu que todas as vítimas teriam sido mortas por motivos financeiros e disputa de terra.

Segundo os investigadores, os suspeitos fazem parte de uma organização criminosa e planejavam o crime há pelo menos três meses. Os investigados foram indiciados pelos crimes de latrocínio (roubo com morte), corrupção de menores, extorsão mediante sequestro qualificado pelo resultado morte, homicídio qualificado por motivo torpe e ocultação de cadáver. Somadas, as penas podem variar de 190 a 340 anos de prisão.

A homenagem na Câmara dos Deputados também contou com a presença do secretário de Segurança Pública do DF, Sandro Torres Avelar, do delegado chefe da 6ª Delegacia de Polícia do DF, Ricardo Viana, e do delegado regional de Luziânia (GO), Rafael Abrão.


Fonte: Agência Brasília.

0 comentário
bottom of page