top of page

Com decreto, Celina Leão formaliza criação de gabinete de crise. Veja detalhes

Segundo decreto, membros do gabinete devem colaborar com as investigações sobre os atos ocorridos na Praça dos Três Poderes no domingo (8/1)


A governadora em exercício do Distrito Federal, Celina Leão (PP), assinou o decreto que formaliza a criação do gabinete de crise que dará apoio nas investigações sobre os atos ocorridos na Praça dos Três Poderes no domingo (8/1). O documento será publicado em edição extra do Diário Oficial do GDF (DODF). ainda nesta segunda-feira (9/1).

De acordo com o texto, o grupo será composto pela própria Celina e por outros secretários do alto escalão do GDF.

São eles:

  • Chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha

  • Secretário de Governo, José Humberto Pires

  • Secretário de Comunicação, Weligton Moraes

  • Secretário do DF Legal, Cristiano Mangueira

  • Secretário de Planejamento, Ney Ferraz

  • Procuradoria-Geral do DF

Celina será a coordenadora do grupo. Outros órgãos ainda foram convidados para participarem do apoio ao grupo. Mais cedo, o GDF divulgou nota em que repudiou “com veemência” as invasões ao Congresso, Supremo Tribunal Federal (STF) e Palácio do Planalto.

Confira o texto na íntegra:

O GDF repudia com veemência os atos terroristas ocorridos na Esplanada dos Ministérios, em Brasília, no último domingo.

O GDF criou um Gabinete de Crise para colaborar de todas as formas com as investigações e a Controladoria Geral vai analisar a possível participação de servidores nos atos.

Nenhuma depredação do patrimônio público será tolerada. O GDF vai seguir trabalhando normalmente, mantendo as agendas previamente acertadas, com lançamentos de obras e entregas.

Governo do Distrito Federal


Fonte: Metrópoles

0 comentário
bottom of page