top of page

Celina Leão: "As pessoas falham, as instituições jamais falham"

Governadora em exercício se manifestou sobre o assunto ao ser questionada por jornalistas em agenda em Ceilândia na manhã desta quinta-feira (12/01)


A governadora do Distrito Federal em exercício, Celina Leão, esteve na Praça da Bíblia, em Ceilândia, para dar início às ações de manutenção que serão realizadas em algumas regiões do DF para consertar os estragos causados pela chuva. Na ocasião, ela foi questionada por jornalistas sobre a última fala dela, quando disse que as polícias não falharam durante os atos terroristas do último domingo (8/1). "As instituições são maiores que as pessoas, as pessoas falham, as instituições jamais falham", respondeu a atual chefe do Executivo. "Quando você tem alguma acusação, ela tem que ser pontual, ninguém pode atacar instituições no estado democrático de direito", acrescentou ela.

"Houve alguma falha. Então, a gente precisa ressaltar isso, nós temos uma tropa que está nas ruas, coloca a vida deles em nós todos os dias e tem que se fazer valer a pena. A Polícia Militar e Civil têm que estar do lado do governo do Distrito Federal neste momento tão difícil, tão delicado", declarou Celina.

A respeito da CPI no Congresso Nacional para investigar as manifestações que depredaram a Praça dos Três Poderes, no domingo (8/1), Celina destacou que acha normal que seja feita. "Os deputados têm a legitimidade para investigar os atos de vandalismo. São deputados eleitos para fiscalizar e eu acredito na neutralidade de não se tornar uma CPI política”, ressaltou. A governadora em exercício avaliou que é mais importante investigar os atos e saber de onde partiram para que as punições sejam adequadas do que politizar a CPI. "Se a CPI for politizada, ela vai perder o crédito da população", comentou.


Fonte: Correio Braziliense

0 comentário
bottom of page