top of page

‘Brasília Mais TI’ debate impacto da tecnologia na sociedade

Representantes do governo, empresários, sindicatos, associações e acadêmicos do ramo de tecnologia da informação (TI) participaram da 5ª edição da Mostra de Tecnologia Brasília Mais TI nesta quarta-feira (25). Patrocinado pelo Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAPDF), o evento promove um espaço de diálogo e criação de contatos profissionais, tendo em vista o aprimoramento de novos projetos e ferramentas. A imersão, nesta quinta-feira (26), começa às 8h, no Clube da Engenharia, no Setor de Clubes Esportivos Sul. Para participar, basta doar 1 kg de alimento não perecível e retirar o ingresso no Sympla.


O primeiro dia da 5ª edição da Mostra de Tecnologia Brasília Mais TI teve como foco a implementação da Inteligência Artificial (IA) nos serviços públicos e como a TI pode contribuir com a saúde, segurança e educação do DF | Fotos: Tony Oliveira/Agência Brasília


“Em eventos como esse conseguimos desenvolver parcerias que podem dar frutos no sentido de capacitação de mão de obra e surgimento de novos negócios aqui no Distrito Federal, resultando em renda para a nossa população”, afirma o diretor-presidente da FAPDF, Marco Antônio Costa Júnior.


O primeiro dia de evento teve como foco a implementação da Inteligência Artificial (IA) nos serviços públicos e como a TI pode contribuir com a saúde, segurança e educação do DF. “A gestão toda tem que acompanhar a modernidade. Uma gestão sem tecnologia realmente fica aquém da expectativa da população. E quando investimos em tecnologia, investimos no bem-estar da população. O governo acredita nessa área, é sempre parceiro, estamos melhorando os nossos processos cada dia a mais”, disse a vice-governadora Celina Leão, presente na abertura da mostra.


‌A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, participou do painel Cidade Conectada – Transformando a Educação com Tecnologia. Segundo ela, não há desenvolvimento educacional sem inovação. “A gente não concebe mais uma escola do século 19, com professores do século 20 e alunos do século 21, sem um foco na inovação, na tecnologia e na inteligência artificial. Não dá para simplesmente dizer não quero, porque o mundo caminha para isso e a Secretaria de Educação também”, afirma.


O evento reúne duas entidades patronais do ramo, os sindicatos das Indústrias da Informação (Sinfor-DF) e o das Empresas de Serviços de Informática do DF (Sindesei), além das associações que formam o grupo GForTI – Instituto Iluminante, Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação (Abipti), Associação das Empresas Brasileiras de Tecnologia da Informação (Assespro-DF), Centro de Tecnologia de Software de Brasília (Tecsoft) e Brasil Startups.


“É um momento para que as empresas mostrem o seu trabalho, para que o governo conheça as soluções e apresente as suas dores, e para que, a partir desse match, possamos construir uma cidade melhor”, salientou o novo presidente do Sinfor-DF, Carlos Jacobino. “Acreditamos que a inteligência artificial pode endereçar serviços ao cidadão como nunca antes na história do nosso país e do mundo.”


O GForTI é uma novidade no mercado de tecnologia no DF. Segundo Leonardo Reisman, secretário executivo da pasta de Ciência e Tecnologia, “a entidade permite que a tripla hélice funcione em tempo real: academia, universidades e professores, empresas e governo falando uma mesma língua, em um canal único de informação, em que os atores dividem entre si os principais avanços, percalços e demandas do setor”, pontua.


Programação


Assim como o primeiro, o segundo e último dia de evento terá podcasts, painéis, workshop de recursos humanos, palestra magna e pitchs, que são momentos exclusivos para exposição de soluções inovadoras. Confira:

Brasília Mais TI – 26 de outubro – 8h: Recepção e credenciamento – 8h às 8h55: Café com RH de TI – 9h às 9h30: Podcast Líder Moderno e Humano – 9h35 às 10h30: Painel Compliance e Gestão de Pessoas – 10h35 às 11h35: Painel Políticas para capacitação, atração e retenção de capital intelectual para o Setor de TI – 14h às 14h30: Palestra Magna IA, desafios e oportunidades – 14h35 às 15h05: Painel IA e Governo Eletrônico: potencializando a experiência do cidadão – 15h10 às 15h45: Painel Melhoramento dos serviços públicos por meio das tecnologias emergentes, blockchain e web 3.0 – 16h05 às 16h40: Painel O Importante Papel da Fundação de Apoio à Pesquisa (FAPDF) – 16h45 às 17h20: Painel Alternativas de financiamento para as empresas do Setor de TI do DF – 17h25 às 18h00: Painel Internacionalização das Empresas – 19h30: Posse da nova diretoria do Sinfor-DF – 20h15: Prêmio Sinfor de TI – 21h: Coquetel de Encerramento da Mostra de Tecnologia Brasília Mais TI

Para mais informações, acesse o site do Brasília Mais TI.


Por Agência Brasília.

0 comentário
bottom of page