top of page

Biblioteca de Brazlândia de cara nova após investimento de R$ 1,4 milhão

Espaço entregue nesta sexta-feira (16) pelo governador Ibaneis Rocha recebe mais de 3,8 mil pessoas por mês


A Biblioteca Érico Veríssimo recebe, por mês, uma média de 3.850 pessoas | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília


A Biblioteca Érico Veríssimo, em Brazlândia, está de cara nova. O local passou por uma manutenção geral ao longo dos últimos três anos. De 2020 para cá, R$ 1.408.372,99 foram aplicados na remodelação, recurso proveniente de emenda parlamentar e do Programa de Descentralização Financeira e Orçamentária (PDAF). O espaço, localizado na Quadra 2 do Setor Sul, foi entregue pelo governador Ibaneis Rocha nesta sexta-feira (16).


Construída em 1978, a biblioteca nunca havia passado por uma grande reestruturação. O aperfeiçoamento envolveu acessibilidade e modernização da fachada com a aplicação de placas do tipo ACM, um alumínio composto reconhecido por ser leve e altamente resistente. Telhado, piso, calçamento, instalações elétricas, hidráulicas e sanitárias também passaram por uma revisão completa.


“A Biblioteca Érico Veríssimo foi integralmente reformada, ficou muito bonita. Os estudantes têm baias para que possam estudar individualmente, têm acesso a vários livros. Foi um recurso muito bem empregado para beneficiar nossas crianças e adolescentes”, avaliou o governador Ibaneis Rocha. “Temos lutado muito para oferecer educação pública de qualidade no DF, com ambientes adequados e bons professores”, destacou.


A secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, ressaltou que, apesar de ser uma biblioteca escolar, o local pode ser usado por toda a comunidade. “Além de ser um apoio para a educação em tempo integral, usado para desenvolver atividades com os alunos, o espaço está aberto para todos”, garantiu. “É gratificante entrar em um ambiente que oferece acesso a tantos livros, um lugar dedicado ao estudo, à reflexão e à integração”, comemorou.

A melhoria da biblioteca, que recebeu recursos de R$ 1,4 milhão, contemplou a parte estrutural do prédio e a área tecnológica


A manutenção da biblioteca não se limitou à parte estrutural do prédio. De acordo com a coordenadora da regional de ensino de Brazlândia, Neuseli Rodrigues, a área de tecnologia também recebeu melhorias. “O acesso à internet melhorou bastante, o que ajuda os frequentadores na hora de realizar pesquisar”, contou. “Esse espaço recebe, por mês, uma média de 3.850 pessoas”, disse.


Estudante do Centro de Ensino Médio 1 de Brazlândia, Maria Vitória Soares comemora as melhorias feitas na Biblioteca Érico Veríssimo. A jovem quer prestar vestibular para o curso de medicina veterinária. Ela usa a estrutura duas vezes por semana para focar nos estudos. “O espaço ficou maravilhoso! Está mais confortável e amplo depois da reforma”, observou. “Estudar em um ambiente como este faz muita diferença”, frisou.


Por Agência Brasília

0 comentário
bottom of page